25/04/2022 às 02:52 EDITORIAL

Iniciando no Nu Artístico

1115
2min de leitura

Era dia 27/05/2020, no auge da pandemia. Várias coisas acontecendo simultâneamente, e a incerteza se meu estúdio iria durar a tudo que estava acontecendo na época.

Bem, por que resolvi escrever só agora?

Eu sempre gostei de escrever, contar minhas coisas, contar minha visão de mundo, e claro, minha visão profissional envolvendo a fotografia. Queria muito dar um salto nos meus ensaios, e fazer algo que não tinha feito ainda.

Nesta data não foi o start dos ensaios fotográficos sensuais, eu já havia feito algumas fotos antes. Mas foi o start das minhas fotos no estilo Nu Artístico.

Resumindo a história, a Ju (Juliana Ribeiro), tinha ido ao estúdio fazer um look book, e contei pra ela dos meus objetivos. Falei em detalhes o que tinha em mente, e perguntei se ela toparia fazer algumas fotos "radicalizando".

Quem conhece a Ju, sabe que ela não pensou duas vezes em me dizer sim né? (risos)

Começamos com algo mais sutil, pra ir quebrando o gelo.

Todos os meus ensaios são assim, as primeiras fotos, vamos quebrando o gelo, até a pessoa ir ficando a vontade e confortável.

É uma verdadeira troca de confianças tanto da pessoa fotografada, quanto da minha parte também.

Logo após fazermos essa foto, começamos com as mais "traaa", como diria a própria Ju, ou, "Lança as brabas". (risos)




Como a Ju também curte rodar de moto assim como eu, ela estava com seu capacete, e lancei a idéia:

Ju, minha ideia é fazermos uma foto totalmente nua, com você usando o capacete, do lado tatuado do teu corpo. Bora?

E o resultado foi este ai.

E por que preto e branco, não colorido?

Queria que fosse algo "atemporal", que as cores não chamassem atenção para o que realmente importa.



Foi uma experiência fantástica, e tivemos um resultado incrível.

De la pra cá, venho executando vários trabalhos dentro do estilo Sensual e Nu Artistico, aprimorando cada vez mais.

Como trabalho totalmente dedicado com a auto estima das mulheres, este trabalho fez surgir o projeto MIDAS que falarei com mais detalhes em outra publicação.

Por hora, só queria partilhar com você que está lendo até aqui, como foi dar início neste trabalho tão incrível e pouco compreendido pela maioria que prega a "liberdade e respeito às diferenças".


Muito obrigado você que ficou até aqui. E compartilhe com seus amigos me ajudando a fazer este trabalho chegar a mais pessoas.


Abraços.


Att: Thiago Cruz

25 Abr 2022

Iniciando no Nu Artístico

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

autoestima bordoir ensaiofotográficosensual nuartístico

Ola, obrigado por sua visita. Estamos prontos para atender você.
Logo do Whatsapp